El Argentino

El Argentino

 

che_el_argentino_-_600A revoluçao é um filho que quer mudar o pai. Ela nao quer matar o pai, afinal é para ele que ela quer se mostrar. Basicamente, uma revoulçao so existe em razao de uma causa, assim como pai e filho.  Revoluçao é a pureza da idéia. E é exatamente esta pureza que se dissipa tao facilmente quando a revoluçao termina, quando a revoluçao toca o poder. No filme El Argentino, isso fica exposto na ultima cena do filme quando apos a tomada de Santa Clara por Che e seu grupo, que antecede a chegada do triunfo em Havana e a consolidaçao da revoluçao na ilha, meia duzia de guerrilheiros « confiscam » um conversivel que ficou largado na cidade e saem festejando rumo a Havana. Che intercepta os guerrilheiros com sua autoridade de lider, da aquele esbrega e diz « Incrivel » num tom de decepçao. A pureza da idéia se foi.

 

Depois da tomada do poder, Cuba pouco a pouco volta a ser engolida pelo imperialismo, o mesmo que eles lutaram com armas em punho para expulsar do Pais. Hoje vemos em Cuba, em cidades como Varadero, resorts 5 estrelas all-you-can-eat em frente ao mar azul turquesa repleto de turistas, a nova versao da invasao estrangeira. É triste. É triste ver um onibus lotado parar em frente a um bar de salsa e os turistas descendo em massa sedentos por uma cuba libre. O sistema volta a engolir tudo, ele da seu jeito, de outra forma, de outra maneira. Acho toda e qualquer revoluçao essencial, mas meu ponto é que temos de parar de tentar ver a solidez, o fisico da revoluçao. O importante sao as ondas que se propagam e permeiam novas revoluçoes, maiores ou menores. Na musica é assim também. Como o proprio Che propagava em seus discursos, a idéia do homem-feito é cria do sistema em que vivemos, o livre arbitrio é nada mais que um leque de opçoes dada pelo sistema. Talvez foi por isso que no livro Admiravel Mundo Novo de Audous Huxley, o selvagem que representa o ser puro acaba louco e finalmente se enforcando, isolado. Che era a pureza da idéia. Me perguntaram ontem apos o filme : « Se Che estivesse vivo hoje, ele estaria como ? » Eu respondi « Morto. » Nao morto como Fidel, morto mesmo. A pureza da idéia da revoluçao é que o levava adiante, ele sabia (soube) que se parasse e aceitasse um cargo facil no governo cubano, ia ser extramente doloroso ver a idéia se transformar tanto. E partiu para uma outra revoluçao. E morreu lutando, enforcado pela idéia. El Argentino é um bom filme, que trata da historia do revolucionario e nao do mito. E a performance de Benicio del Toro é muito boa (e que bom que ele nao foi indicado ao Oscar) E agora, falta ver a 2a parte esta noite, Guerrilla, sentando no meu sofa do IKEA, engolido.

2 Responses to “El Argentino”

  1. Rodrigo Vidal Ferraz Says:

    Sera que ele estaria morto? ou estaria ele inchado de bourbon e charutos caros, cercado de putas, politicos e empresarios, negociando seus proprios interesses em nome do povo ou de uma outra causa maior?

    nao sei nao… nao acredito em nenhum desses caras revolucionarios, eles sao a outra extremidade do problema, o radical, nao tem como dar certo.

    tipo o lance do coringa e do batman

    • sujoebarato Says:

      Por isso que acho interessante a historia dele. Depois da revoluçao, bom, ele tomou seus borbons e fumou seus charutos, mas no fim, largou tudo isso e foi pra mata na Bolivia tentar melhorar a situaçao do povo sem mesmo ser boliviano. Era mais que um revolucionario, um idealista puro. Bom, talvez por isso que morreu, porque é isso ai, ou o sistema te engole ou vc morre. O meio termo nao existe pois o meio termo faz parte do engolido tmb. Assiste o filme que vc vai gostar, sei que vc pira em filmes baseados em historias reais.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: