Moon

 

 

Porque sempre os melhores filmes do ano ficam tão pouco tempo no cinema? É o caso de Moon, a estréia de Duncan Jones, filho de David Bowie na direção. É um filme de um ator só – Sam Rockwell (Confissões de uma mente perigosa, Choke, Os Vigaristas) numa atuação sensacional à la Tom Hanks em Naufrago. Quer dizer, quase um filme de um ator só pois Kevin Spacey empresta sua voz ao robô sentimental que acompanha o personagem principal.

 

 

O filme é uma ficção cientifica que faz parte de um projeto de trilogia de Duncan Jones, um aficcionado por George Orwell e Philip K. Dick (David Bowie fazia Duncan ler os livros dos dois quando era pequeno antes de dormir). Isso não é um spoiler, o trailer abaixo conta um pouco a mesma coisa: Sam é um astronauta numa base lunar de propriedade de uma empresa que extrai uma nova forma de energia para a Terra, o Hélio 3 (que a Nasa já inclusive tem projetos reais para isso). O contrato dele é de 3 anos e Sam esta a 2 semanas de voltar para casa, para sua esposa e para sua pequena filha. Já não aguenta mais a solidão, anda irritado, falando sozinho. E numa de suas missões diárias, ele encontra um automóvel que bateu perto de uma das estações lunares. Dentro do automóvel, ele econtra ele mesmo. E a partir dai, a história começa a se complicar. Vou até aqui, o resto é pura emoção. Um filmaço, não só pela interpretaçao de Sam Rockwell como pela idéia central e pelas idéias subjetivas por tras de tudo. Um dos melhores de 2009.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: