Exercício de estilo

Exercício de estilo – por Daniel Grenier

Do blog Saint-Henri

É apenas uma questão de vontade. Pode ser que eu não tenha o direito de falar desta maneira, pode ser que não faça sentido, mas a vontade sempre deve ser maior que o medo. Faz muito tempo que abandonei o medo, porque é impossível viver amedrontado. O medo paralisa as funções vitais, quebra os braços e as pernas, cala a boca, queima os cabelos e atrofia o coração. A gente precisa matar o medo se quiser falar. É mais simples do que você pensa. Só precisa arrancar a sua língua de dentro da boca, tirá-la de lá, cortá-la, sangrá-la, ferí-la, achatá-la no chão e olhá-la morrer. Após a morte dela, é só falar com os dentes vermelhos, e com a saliva e o sangue que espirram da boca. Com sua língua morta, à sua frente, no chão, só te falta a vontade de falar. Falar essas excreções, essas secreções, esses segredos que te mantém vivo.

Observação importante: Daniel, o autor, começou a aprender português faz pouco tempo, sua primeira língua é o francês. É um escritor, tem o dom, o jeito, a manha. Em qualquer língua. Foda.

One Response to “Exercício de estilo”

  1. Valeu, amigo!

    Meio engraçado essa “observação importante”. HA! Parece alguma biografia na capa de um livro. Gostei.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: