Se as cidades fossem mulheres….

SAO PAULO é aquela mina que um dia foi gordinha, gente boa, adorava ficar no boteco, comia qualquer coisa, nao tinha frescura para nada, adorava um bom papo. Curtia circular pelos bairros tradicionais, comer uma boa pizza, frequentava padarias. Mas ai o mundo pegou ela de jeito, Sao Paulo cresceu, viu que tinha belas pernas, entrou na academia, emagreceu, ficou com um puta corpao, arranjou um bom emprego, vestiu a carapuça da ganancia e partiu pra cima, putinha corporativa. Começou a ter habitos caros : restaurantes badalados, carros importados, apartamentos luxuosos, roupas, joias, sapatos. No fundo no fundo Sampa nao tem grana pra nada, por isso trabalha igual uma cachorra o dia todo, nao reclama e gasta tudo o que tem comprando o que nao pode. Sampa adora o status, quer ser bajulada, idolatrada, quer ser uma Nova York.  Mas apesar do que Sampa se tornou, aquela alma de gordinha ainda permanece. Você vai pra cama com ela e fica batendo altos papos depois da transa, madrugrada adentro, fumando um cigarro, tomando um vinho, escutando um som. Sampa é a mina que você precisa de tempo para gostar e conhecer. Ai, você se apaixona perdidamente. E na manha seguinte ela te empurra pra fora de casa e grita «  VAI TRABALHAR VAGABUNDO ! »

 

RIO DE JANEIRO é a eterna vadia. Biscate, mulher facil, rodada, adora um gringo com dinheiro, samba como ninguém. É aquela mulher que você tem ao lado, sabe que vai ser traido varias vezes ao dia, mas nao consegue largar. Você olha pra ela e vê suas formas maravilhosas, você perdoa tudo. Rio nao nasceu pra ser mulher de malandro, ela vem do morro, conhece as quebradas, cresceu na praia, com o biquini enterrado no rabo, sempre bronzeada. Rio trabalha pouco , muito pouco, e quando trabalha pega leve, nao vê a hora de sair do expediente, tomar um chopp, fazer um samba, descolar um gringo, um fuminho, uma festa. Mas Rio é aquela mina que ja foi melhor, ja foi a mulher mais gostosa do Brasil, do mundo, hoje tem pinta de celebridade decadente. Ainda tem um corpao, mas anda judiada, meio suja, meio gordinha, inchada de cerveja e porçao. Rio paga que é do bem, mas é meio mau carater, faz trambique, roleira, adora um crime, se enfiar em roubadas. Quando você come Rio, é aquela foda espetacular, suada, louca, apaixonada, com muito calor, beijo na boca, musica alta, é o paraiso. O problema é acordar na manha seguinte com um cano na cabeça e Rio gritando na sua orelha “PASSA TUDO OTARIO!”

Em breve…Lima e Salvador

One Response to “Se as cidades fossem mulheres….”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: