Archive for nina simone

Mulheres de atitude – Nina Simone

Posted in DIRTY ATTITUDE WOMAN! with tags on June 7, 2009 by gugagessullo

nina-simone_1Nina Simone tem aquela voz de arrebentar corações, performances viscerais capazes de dissecar emoções. Desde pequena adorava Blues, a música do diabo, e cantava em cabarés de Nova Iorque, Filadélfia e Atlantic City escondida dos pais, pastores metodistas, conservadores.


 

Foi uma das primeiras estudantes negras a ser admitida na renomada Juilliard School of Music. Foi uma das pioneiras porta-vozes contra o racismo mesmo que perseguida por isso. Foi violentada, espancada pelo marido diversas vezes e também botou a boca no trombone.

Na música, experimentou diversos estilos: blues, gospel, soul, folk, jazz e até se aventurou em algumas canções rock. Sua voz pode ser rouca, densa e ao mesmo tempo doce, romântica, triste.


 

Alcançou o estrelato, mas recusou ser vedete da mídia e das gravadoras. Se sentia manipulada pelo show business e decidiu largar mão de tudo e ir embora para Barbados. Viveu na Libéria, Suíça, Paris, Holanda e finalmente se assentou no sul da França.


 

Depois voltou, claro, cantar era sua vida. E voltou com os holofotes que merecia, pela arte, pela história, pelas lutas. Participou de diversos festivais, lançou mais discos e todos sempre elogiados, seguiu pelo mundo levando sua voz. E Nina morreu dormindo, silenciosa. Sua voz ainda grita por aqui, sempre.



Don’t Let Me Be Misunderstood

Posted in Dirty Sheep Confessions with tags , , , on April 30, 2009 by gugagessullo
Baby you understand me now
If sometimes you see I’m mad
Doncha know that no one alive can always be an angel?
When everything goes wrong you see some bad
Well I’m just a soul whose intentions are good

Oh lord, please don’t let me be misunderstood 
Ya know sometimes baby I’m so carefree

With a joy that’s hard to hide
Then sometimes it seems again that all I have is worry
And then you burn to see my other side

But I’m just a soul whose intentions are good
Oh lord, please don’t let me be misunderstood 

If I seem edgy
I want you to know
I never meant to take it out on you
Life has it’s problems
And I get more than my share
But that’s me one thing I never mean to do

Cos I love you
Oh baby
I’m just human
Don’t you know I have faults like anyone?
Sometimes I find myself alone regretting
Some little fooling thing
Some simple thing that I’ve done 

I’m just a soul whose intentions are good
Oh lord, please don’t let me be misunderstood
I try so hard
So don’t let me be misunderstood